Mestre de Obras Pedreiro

Orçamento de Obras: Saiba como cobrar por este serviço

Orçamento de Obras Saiba como cobrar por este serviço

O setor da construção civil vem crescendo dia a dia, sendo um verdadeiro atrativo para muito investidores. No entanto, alguns profissionais que estão começando neste ramo ainda sentem uma grande dificuldade na hora de fazer o orçamento de obras, pois esse é um dos momentos mais importantes – uma vez que depende do orçamento para que o cliente avalie e contrate, ou não, os serviços oferecidos.

Para se ter sucesso na área, o primeiro passo é você saber dar o preço e saber quanto vale o seu trabalho. Para isso, é importante levar em consideração alguns pontos para que o seu orçamento também seja acessível para os clientes, de modo que eles percebam que o valor cobrado vale a pena de ser investido.

Sendo assim, veja algumas dicas para saber dar o orçamento correto de agora em diante.

Primeiro passo

O primeiro passo é fazer uma análise completa de todas as situações que envolvem a obra. Para isso, é preciso fazer um memorial descritivo para se ter uma base do que será necessário, e então, se possa começar a pensar em prazos e valores. O fundamental é não ter pressa para pular logo essa primeira etapa. Além disso, um estudo aprofundado sobre o projeto e uma visita no local da obra é imprescindível para ter maior conhecimento e saber direcionar melhor os próximos passos. Está construindo e quer diminuir o custo da obra? Veja estas dicas.

Segundo passo

Depois de conhecer os detalhes desse memorial descritivo e do local em que será realizada a obra, o segundo passo é começar a pensar em prazos. O primeiro passo é o da elaboração do projeto, que também é de sua responsabilidade. Em seguida, você deverá fornecer o prazo do orçamento, pois agora você já tem noção do que será necessário fazer (podas, terraplanagem) para dar início a construção. É agora também que você precisa definir quais os métodos serão utilizados para a obra, se vai usar novas tecnologias ou se adequar às convencionais, pois tudo isso envolve gastos que precisam aparecer no seu orçamento.

Veja também: O que é BIM e como ele pode melhorar projetos de construções

Terceiro passo

O terceiro passo é colocar a mão na massa. Com o levantamento de tudo que será feito, está na hora de definir todas as despesas, como a contratação do pessoal para fazer a obra, os custos diretos e indiretos que podem ser programados e também os que podem surgir durante o processo, e também, a busca de preços de materiais, analisando o custo e o benefício de cada um, para escolher os que realmente apresentem vantagens.

Depois de feita toda a pesquisa, o próximo passo é o fechamento do orçamento da obra, mas antes disso, faça uma revisão completa para se certificar de que não está esquecendo de nada.

Conclusão para orçamento de obras

Esses são os passos necessários para uma boa elaboração de um orçamento. Viu só como não é tão simples e qualquer etapa pulada pode resultar em prejuízo? Portanto, está mais do que na hora de você começar a cobrar o valor correto dos orçamentos que realizar, colocando todos os seus gastos, o seu tempo e, principalmente, os seus conhecimentos, pois sem eles, nenhuma pessoa conseguiria fazer uma obra de qualidade.

Para ficar mais fácil e não restar dúvidas, calcule o valor da sua hora técnica. Para isso, você tem que dividir o resultado das suas despesas pelo mesmo número de carga horária de uma pessoa que trabalhe sete horas por dia, durante vinte dias úteis. Pronto! A precificação do seu orçamento está feito!

Criamos um material que explica detalhadamente como precificar serviços na construção civil, e você pode acessá-lo gratuitamente, clicando no banner abaixo:

Ebook Como precificar seu serviço na construção civil

Compartilhe nas suas redes sociais: